Juntar,valorizar e fortalecer a todos que se envolvem na rede de empatia,resistência e solidariedade


Juntar, valorizar e fortalecer a todos que se envolvem na rede de empatia, resistência e solidariedade.

O projeto Uni’Nbá é uma extensão que nasceu do desejo do combate ao racismo na universidade, em escolas e comunidades periféricas de Porto Alegre. Nesta perspectiva nasce o nome do Projeto que remete a encontros através da universidades, sendo Nbá, palavra de origem yorubá, significa Juntar-se. Assim o projeto atua, juntando buscando juntar a universidade aos territórios da vida. Logo, dos laços construídos entre o Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a Vila Planetário, o Centro de Saúde Modelo e a ONG Misturaí surgiu o desejo de sensibilizar as pessoas para o cuidado em evitar o COVID-19. Na vila planetário em Porto Alegre, a ONG Misturaí, que vive na e para a comunidade, vem lutando bravamente pela segurança alimentar dos seus, da população em situação de rua e de outras comunidades, através da mobilização de voluntários e comunidades para a produção de mais de 400 refeições/dia, distribuição de cobertores, cestas básicas e apoio as lideranças das comunidades. Neste processo, o Uni’Nbá entendeu que a pandemia não podia parar a solidariedade, e observando belas iniciativas de apoio do Centro de Saúde Modelo e da UFRGS às iniciativas da comunidade construiu por meio da arte de Gil Collares uma ideia para sensibilizar a todos para que a rede não se tornasse vulnerável ao COVID-19. Nesta perspectiva, o vídeo surgiu como forma de defesa da vida e através dele nasceu esta sensível e bela estratégia de juntar, valorizar e fortalecer a todos que se envolvem nesta rede de empatia, resistência e solidariedade.

#TrabalhadorProtegido #TrabalhadoraProtegida #BrasilProtegido

Marcado com , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: